Sobre os relacionamentos felizes

March 19, 2017

 

 

Viver uma relação afetiva significa deparar-se diariamente com nossos aspectos mais destrutivos e vulneráveis. A relação com o outro é uma oportunidade única de crescimento pessoal, conexão e conhecimento. Um relacionamento permite que sejamos pessoas mais felizes ou mais tristes.

Relacionamentos necessitam de tempo, energia e comprometimento. Encontrar a pessoa certa já é por si só um desafio, ficar com esta pessoa é ainda mais difícil.

Tendemos a  ter esses ideais românticos sobre como os relacionamentos deveriam funcionar, assumindo que não há necessidade de se fazer qualquer esforço  para que eles funcionem, Já que a ideia de que o amor por si só basta, segue bastante arraigada em nossos inconscientes.

Mais do que “noites só para o casal” ou ter os mesmo gostos e interesses, relacionamentos necessitam de constante es

 

forço e investimento. Faz uma enorme diferença quando se consegue viver alinhado com nossos comprometimentos e valores.

Parto aqui do pré-requisito, a meu ver, fundamental, em qualquer relacionamento: Confiança. Sem confiança nada do que se faça produzirá efeitos duradouros.

Se você está interessado em construir e cultivar um relacionamento que poderá suportar o teste do tempo, considere agir de acordo com esses princípios:

 

1.Ser aberto, honesto e compartilhar de seus sentimentos com seu parceiro:

 

Ainda que todos nós desejamos ter profunda intimidade e conexão com nossos parceiros, nossas ações frequentemente são contraditórias. Não falamos com nossos parceiros sobre como nos sentimos, sobre o que nos está incomodando ou sobre o que esperamos deles. Para uma relação duradoura -e feliz- é necessário entrar em contato com o desconforto de ser vulnerável e honesto com seu parceiro. Estar disposto a dividir as coisas que nos incomodam. Estar disposto a resolver os problemas juntos, seu parceiro não consegue ler seus pensamentos.

 

2.Ouvir e estar presente- sem julgamentos:

 

Não são todos os comentários ou histórias contadas que exigem uma resposta uma solução ou uma ação. Você pode simplesmente ouvir atentamente e estar presente. Você pode se comprometer a ouvir sem fazer julgamentos e comparações ou transformar o que o seu parceiro está dizendo em alguma coisa que tenha haver com você. Se desprenda das preocupações que lhe ocorrem sobre o que o seu parceiro fala e simplesmente ouça, como um amigo. Escute profunda e compassivamente.

 

3.Permita que o outro seja verdadeiro consigo próprio e desapegue das suas expectativas:

 

Se você está apegado à expectativas não realistas você irá se decepcionar. Se você esperava que seu parceiro escolheria as férias que você desejava ou selecionaria para visitar aquele lugar que você sempre quis ir, você está se colocando em uma armadilha. Os relacionamentos não vão suprir as suas expectativas que não foram ditas. Aprenda a abrir das expectativas e se torne aberto para a pessoa que ele(a) é.

 

4. Esteja comprometido:

 

Quando seu parceiro está enfrentando desafios, ele precisa de você, mais que em qualquer outra hora. Quando se está lidando com um grande problema ou sendo criticado pela família ou no trabalho, nesta hora, você é especialmente importante. Se comprometa a apoiar quando a vida fica mais desafiadora. Decida estar ao seu lado quando ninguém mais está. Decida estar disponível emocionalmente quando ele ou ela está enfrentando seus maiores monstros. Seja seu maior apoiador.

 

5.Esteja disposto a aceitar seu parceiro ou sua parceira incondicionalmente e aprenda a perdoar rápido:

 

Em que ponto começamos a pensar que uma característica em particular incomoda tanto que nos faça pensar em separação? Pare de procurar o que não é do seu agrado. Será que você é capaz de aceitar o outro com tudo, mesmo com seus defeitos? Será possível desapegar de rancores e desavenças com rapidez para que se possa seguir em frente juntos?

 

6. Ajude seu parceiro a crescer e ser mais forte:

 

Ao invés de dar sermões, criticar ou ser negativo, o melhor é ser capaz de empatizar e tentar trazer à tona o melhor de seu parceiro. Talvez decidir parar de reclamar e tentar tornar-se mais capaz de inspiração do que apontar os defeitos e falhas. Mostrar respeito, encorajamento para que a outra pessoa seja capaz de ser melhor.  Não critique ou condene seu parceiro para que ele ou ela faça determinada coisa. Ao invés disso, fale sobre o que precisa ser falado e permita que ambos sejam mais fortes ao ter conversas mais abertas e honestas, sem acusações ou críticas.

 

7. Demostre seu amor e seu apreço:

 

 

Uma relação é uma entidade em movimento, mutante e em crescimento. Não uma coisa estática para ser tomada como certa e definitiva. Vida, carreira, filhos frequentemente atravessam a possibilidade de cultivar e nutrir um relacionamento. Para prevenir que uma relação desmorone toma uma atitude ativa em nutri-lá. Crie tempo para conexão e romance. Priorize a relação e sua vida afetiva e deixe que seu parceiro/parceira saiba o quanto você o valoriza. Lembre-se do que você gosta nele e expresse. Mostre o seu amor.

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Featured Posts

I'm busy working on my blog posts. Watch this space!

Please reload

Recent Posts
Please reload

Archive
Please reload

Search By Tags

I'm busy working on my blog posts. Watch this space!

Please reload

Follow Us
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square

I'm a paragraph. Click here to add your own text and edit me. It's easy.

Sobre o site

A ideia deste site é contribuir com informações sobre psiquiatria, psicoterapia e bem-estar..

 

 Eu atendo na região do Itaim-Bibi em São Paulo, em meu consultório de psiquiatria e psicanálise.

 

Seja muito bem-vindo, e espero que você encontre aqui as ferramentas para fazer você compreender melhor o meu trabalho.

Contato

Roberta Kieling

 

Médica Psiquiatra e Psicoterapeuta

Rua Groenlândia 1828

São Paulo SP

 

Tel; (11) 3086-1984

(11) 97147=2046

 

robertahkieling@gmail.com

Redes sociais

  • Facebook - White Circle
  • Instagram - White Circle
  • LinkedIn - White Circle
  • Twitter - White Circle
  • Google Places - White Circle

Mapa do site

Home

Sobre

Serviços Oferecidos

Qualificação

Perguntas Frequentes

Contato